< "1" largura = "1" estilo = " display : none " src = "https://www.facebook.com/tr?id={your-pixel-id-goes-here}&ev=PageView&noscript=1" / >

Estágios de motivação para a mudança!

Estágios de motivação para a mudança!

Pra começar o processo de mudança de comportamento é necessário entender quais são os estágios de motivação para a mudança!

Mudanças de hábitos estão atreladas a mudanças de comportamentos, e quando falamos de começar novos hábitos e abrir mão de alguns, é necessário encarar um processo que envolve abrir mão de coisas que já são de costume, e isso gera desconforto. Mas talvez também possam surgir questões como “se todo mundo consegue, será que eu consigo?” ou “será que é tão difícil assim?” 

A mudança de comportamento é algo linear, mas clínico, construção de novos hábitos e o abandono de alguns que lhe fazem mal, demanda tempo e dedicação, nesse contexto é importante lembrar que é necessário paciência, foco e desejo de mudar algo em sua vida.

Nesse momento é importante ter estratégias e atenção para identificar e vencer gatilhos que podem se tornar barreiras para alcançar os objetivos. Em outras palavras, é preciso entender como essas barreiras podem se tornar grandes impedimentos, e sempre lembrar de como os hábitos que quer vencer ou mudar são prejudiciais para sua saúde, física ou mental. Nesse sentido, ter a compreensão de como os novos comportamentos construídos podem se tornar ferramentas essenciais de autoconhecimento.

Pra começar esse processo de mudança de comportamento é necessário entender quais são os estágios de motivação para a mudança:

1) Pré-contemplação (“que problema?”)
‍Estágio em que é necessário a auto avaliação para ter a real consciência que aquele hábito ou a ausência dele é um problema e pode trazer prejuízos para a saúde.

2) Contemplação (“ok, talvez exista um problema.”)
‍Aqui é onde começa o entendimento e o reconhecimento que aquele comportamento é problemático, e olhar para os prós e contras dessas ações. 

3) Preparação (“me sinto pronto”)
‍Nessa etapa, o objetivo é compreender quais são os pequenos passos possíveis em direção a uma grande mudança de comportamento.

4) Ação (“vou agir”)
‍Na quarta etapa, o mais importante é trazer feedbacks positivos para as conquistas, mas sem abrir mão de olhar com gentileza para as imperfeições.

5) Manutenção (“continue a agir!”)
‍O mais importante é criar mecanismos de reforço positivo do novo hábito, bem como relembrar os ganhos e benefícios do novo comportamento.

6) Recaída (“interrompi minha ação”)
Pelo contrário, elas podem ser importantes para o processo de aprendizagem até que, de fato, um novo comportamento se torne duradouro. 

A mudança de comportamento é um ciclo e não algo linear, é importante definir o que é motivação para cada um. Ter grandes objetivos, e ser capaz de destrinchá-los em pequenas metas palpáveis. Não há vergonha em recaídas  o mais importante é reconhecer os gatilhos que te fazem retornar para determinado hábito.

É importante também ter apoio psicológico, o qual possa te ajudar no processo de mudança.

Venha para o SPA SÃO PEDRO, aqui  você pode ter o apoio que precisa, marque já uma consulta!  Saiba mais aqui!

Bem Vindo(a), Solicite Seu Orçamento!!